Sandra Loffreda
"Faço versos pro palhaço que na vida já foi tudo
Foi soldado, carpinteiro, seresteiro e vagabundo
Sem juízo e sem juízo fez feliz a todo mundo
Mas no fundo não sabia que em seu rosto coloria
Todo encanto do sorriso que seu povo não sorria"

 Bejoquitas poéticas

7 Responses
  1. Ah, Nara, saudade!
    Muito legal este texto. Às vezes me sinto um palhaço e gosto muito quando isto acontece.
    um beijo grande


  2. Will Says:

    Adorável combinação, tua arte explícita da qual sou fã com a música subliminarmente poética...

    Uma semana maravilhosa para você!


  3. Eva Sabbado Says:

    Que lindo, flor! Você que escreveu? achei magníficos tanto o texto como a tela, parabéns!bjinhos.


  4. Sandra, adorei ver a sua tela e ouvir Nara Leão. Bom final de semana. Beijos.


  5. Suzane Weck Says:

    Ola Sandra,faz um tempo,,,,,,,Que belas poesias e o blog esta lindo.Passei para matar as saudades e deixar meu abraço.


  6. Marion Says:

    Lindas quarelas por aqui... Amei! Abs.


  7. OI AMIGA QUANTO TEMPO, LINDA TELA, BEIJÃO DEYA


Postar um comentário