Sandra Loffreda
Olá, pessoas queridas do meu corAção!!!

Eu recebi de um amigo e TINHA que compartilhar com todos, depois de quase chorar de rir, pela COMPLETA identificação...rs

Diferenças entre filhos americanos e filhos italianos:
Filhos Americanos: Saem de casa até os 18 anos com total apoio dos pais.

Filhos Italianos: Saem de casa aos 35 anos, depois de poupar o  suficiente para comprar casa e pagar duas semanas de lua de mel quando casarem... Mesmo assim, mantém um quarto na casa dos pais para os fins-de-semana.


Filhos Americanos: Quando a mãe os visita leva um bolo, os filhos servem café e eles conversam.

Filhos Italianos: Quando a mamma os visita, leva comida para 3 dias, lava e passa roupa, limpa e arruma a casa.



Filhos Americanos: Os pais sempre avisam quando vão visitá-los e isto acontece só em ocasiões especiais.

Filhos Italianos: Eles nunca sabem quando os pais vão aparecer às oito da manhã de sábado e começar a podar as suas árvores frutíferas. E, se não houver árvores frutíferas,  eles plantam.



Filhos Americanos: Sempre pagam aluguel e procuram nas páginas amarelas quando precisam de algum serviço.

Filhos Italianos: Ligam para os pais e tios, pedindo o telefone de outros pais/tios que possam saber do serviço que eles precisam.



Filhos Americanos: Visitam os pais para comer um bolo com café - e fazem só isso, mais nada.

Filhos Italianos: Visitam os pais para tomar um café, comer bolo, antipasto, vinho, um bom prato de massa, carne, salada, pão, sobremesa, frutas, expresso e uns drinks após o jantar.



Filhos Americanos: Cumprimentam os pais com "Oi" e "Olá".

Filhos Italianos: Cumprimentam os pais com um grande abraço, beijos e tapinhas nas costas.



Filhos Americanos: Tratam os pais por sr. e srª.

Filhos Italianos: Tratam os pais por mamma e babbo..



Filhos Americanos: Nunca viram os pais chorar.

Filhos Italianos: Choram junto com os pais.



Filhos Americanos: Devolvem o que pedem emprestado aos pais em poucos dias.

Filhos Italianos: Ficam com as coisas que emprestam dos pais por tanto tempo que os pais esquecem que são deles.



Filhos Americanos: Quando o jantar acaba vão para casa.

Filhos Italianos: Quando o jantar acaba ficam horas conversando, rindo ou simplesmente confraternizando.



Filhos Americanos: Sabem pouco sobre os pais.

Filhos Italianos: Podem escrever um livro sobre os pais.



Filhos Americanos: Comem sanduíches de manteiga de amendoim, geléia e pão de forma branco.

Filhos Italianos: Comem sanduíche de salame, queijo colonial, pão caseiro, crostoli, conservas...



Filhos Americanos: Deixam você para trás se é isto que a maioria está fazendo.

Filhos Italianos: Não lhe abandonam mesmo que a grande maioria ache normal abandonar.

 Filhos Americanos: São amigos do momento.

Filhos Italianos: São amigos por toda vida.



Filhos Americanos: Gostam de Rod Stewart e Steve Tyrell.

Filhos Italianos: Gostam de Laura Pausini e Andrea Bocelli



Filhos Americanos: Vão ignorar esta mensagem.
Filhos Italianos: Vão repassar per tutti gli amici oriundi.


Em cima, à esquerda, Caio, meu filhotinho. À direita, Tiquinho, meu filhote de 4 patas.
Embaixo, Bruno e Melina, sobrinhos mais que queridos. Faltou o Flávio que não quis tirar foto com a titia...rs


 Bacione per tutti quanti!
7 Responses
  1. Angela Says:

    Rsrsrsrsrsrsrs! Fantástico! É bem isso, americanos sobriedade, italianos coração!Bjo e que família linda!Ótima quinta!


  2. Muito bom Sandra!!kkkkkk


  3. Eva Says:

    Maravilhoso, Sandrinha, sabia que tinhas um filho, o menino e a menina, são seus filhos também? bjinhos, um bom dia, amiga querida.


  4. oi sandra
    tutto vero!!!
    tranne que vanno via di casa a 35 anni... adesso a 40 anni, c'è crisi.
    rsrs bacione


  5. Silvia Says:

    Sandra, que bárbaro esse texto! Vou repassar...


  6. Will Says:

    San,
    acho que os filhos italianos sabem viver melhor... rsrs
    bjs


  7. Mazza Cimini Says:

    Sandra, boa noite amiguinha!

    Ah, quero meus filhos a la italianos, cheios de dengo e sempre juntinho como o seu Caio.

    Um final de semana bem gostoso, à moda italiana, com muito aconchego e muita massa,

    Mazza


Postar um comentário