Sandra Loffreda

Amar!
 

Eu quero amar, amar perdidamente!
Amar só por amar: aqui... além...
Mais este e aquele, o outro e toda a gente...
Amar!  Amar!  E não amar ninguém!

Recordar?  Esquecer?  Indiferente!...
Prender ou desprender?  É mal?  É bem?
Quem disser que se pode amar alguém
Durante a vida inteira é porque mente!

Há uma primavera em cada vida:
É preciso cantá-la assim florida,
Pois se Deus nos deu voz, foi pra cantar!

E se um dia hei de ser pó, cinza e nada
Que seja a minha noite uma alvorada,
Que me saiba perder... pra me encontrar...
 
 Florbela Espanca



Aquarela - 2010

Saudade de todos!!!
Bejoquitas coloridas

 

5 Responses
  1. \\\\\\\\\ai amore que saudades de voçe menina eu to em uma faze tão criativa to inventando, inventando e to amando, beijoooo


  2. A aquarela ta muito linda achei as flores elegantes pode ??? beijuuuu


  3. Ana Carolina Says:

    Oi, Sandra
    Que poema lindo, tão lindo quanto sua aquarela, flores e cores exuberantes.
    bjs


  4. Lu Says:

    Gosto do seu gosto! Bjks cheias de saudade


  5. Lu Says:

    Quando tiver tempo dê uma olhadinha
    http://casadecolorir.blogspot.com


Postar um comentário